PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DE ESCOs

Trata-se de um programa que foi desenvolvido em 2011 pela ABESCO, em escala Nacional, que visa conhecer e quantificar as especialidades de cada ESCOs com o propósito de desenvolver um bom programa de capacitações além de poder, com conforto, referendá-las ao mercado. O programa já está comemorando 5 anos de existência.

Para que o programa tenha o máximo de sigilo possível e a credibilidade necessária, um agente externo e independente faz uma avaliação dos documentos e dados apresentados por cada empresa. Uma equipe com renomado conhecimento técnico analisa a capacidade técnica das ESCOs em suas diferentes especialidades.

A comissão analisará, de forma confidencial, cuidadosa e detalhadamente a documentação apresentada e consultará referências da capacidade técnica apresentada.

Uma auditoria energética é geralmente realizada em um edifício ou instalação existente, com o objetivo de melhorar a sua eficiência energética. É uma investigação que envolve uma análise detalhada dos fluxos de energia que entram e saem de uma instalação. O objetivo é identificar e quantificar as áreas onde podem ser introduzidas melhorias e estimar a extensão das economias realizáveis. Estas podem incluir melhorias para instalação, para sua concepção, operação e gestão.

O certificado de qualificação não significa que a certificadora atesta quer expressa ou implicitamente que, de fato, haverá a percepção de economias por outros clientes da ESCO. Apenas reflete a situação de capacidade atingida pela ESCO até o presente momento num determinado nível de capacidade técnica.

A divulgação da obtenção da certificação é pública e será veiculada no site institucional em área específica para este fim.

ESCOs cujos pedidos não sejam aprovados, serão notificadas, sendo-lhes concedida nova oportunidade de apresentar documentação complementar em prazo compatível a ser determinado pela certificadora.

Em não se observando os prazos ou na ausência de informações o processo de qualificação será considerado extinto devendo a ESCO incorrer em nova abertura de processo.

Estando a documentação completa o prazo de análise médio será de 30/45 dias.